Emagrecedores

Principais EmagrecedoresPholia Magra

Advertências

AdvertênciasAdvertências

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. *Imagens meramente ilustrativas.*
3. É necessário dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
10. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
11. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
12. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
13. Sugerimos que consulte seu médico para mais esclarecimentos.
14. Diabéticos, pessoas com problema cardíaco, dores de cabeça, problemas de tiróides, pressão alta, depressão, próstata aumentada, glaucoma ou com condições psiquiátricas devem consultar o médico antes de tomar esse produto.
15. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"

Prescrição escrita de medicamento controlados, contendo orientação de uso para o paciente, efetuada por profissional legalmente habilitado, quer seja de formulação magistral ou de produto industrializado só é liberada mediante retenção de receita. Conforme Portaria n.º 344, de 12 de maio de 1998.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário à informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

A manipulação de medicamentos controlados só poderá ser dispensada mediante a retenção da receita original e substâncias alopáticas mediante a sua apresentação prescrita por profissional legalmente habilitado, conforme portaria 344/98 e RDC 67/07
Atendimento
  • Vendas / Atendimento
    Televendas: (11) 3383-9400
  • SAC: (11) 98848-1737
Buscar no site
  • (11) 98927-3061 - Debora/Receita
  • (11) 99494-4771 - Maicon
  • (11) 99390-6742 - Roseli
  • (11) 98848-1737 - SAC
Solicitar Ligação

Pholia Magra - 1 Frasco C. ecalyculata Vell (Pholia Magra) 300mg com 1 Frasco Citrus com Chá Verde com P. Vulgaris com Centella Asiática - 60 cápsulas cada frasco

Código:
15561
Opinião dos Consumidores:0

De: R$ 160,89Por: R$ 127,20ou X de

Economia de R$ 33,69

-
1
+Comprar

Pholia Magra - 1 Frasco C. ecalyculata Vell (Pholia Magra) 300mg com 1 Frasco Citrus com Chá Verde com P. Vulgaris com Centella Asiática



PHOLIA MAGRA:é uma erva brasileira (Família botânica Boraginaceae), bastante conhecida nos Estados Unidos e Europa, que padronizaram o extrato 20:1 super concentrado. Sua fama no mundo como uma forma natural e saudável no tratamento antiobesidade atravessa as fronteiras principalmente na competição contra produtos sintéticos. Esta planta de acordo com estudos e trabalhos publicados, bem como sua centenária utilização tradicional, indica possuir ação diurética, ação redutora de depósitos de celulite por ser estimulante da circulação (Cruz 1995), ação cárdio-tônica, possui ação energética, o extrato etanólico das folhas reduz a replicação do vírus Herpes Tipo I e apresenta citotoxicidade para alguns tipos de células cancerígenas (Hayashi et al., 1990; Arisawa et al., 1994; Matsunaga et al., 1997). O efeito emagrecedor da PHOLIAMAGRA® 20:1 pode ser devido a uma atividade inibidora atuante no sistema nervoso central, por isso esta planta age como supressora do apetite, ela contribui para uma maior queima de gorduras localizadas principalmente do abdômen, além de atuar também como estimulante do sistema imunológico. Pode ser usada para evitar o depósito de gorduras na parede das artérias coronarianas diminuindo os riscos de problemas cardíacos relacionados com o sobrepeso.

A PHOLIAMAGRA® 20:1, a exemplo do Rimonabanto, é também conhecida como a erva “anti-barriga”, contudo totalmente natural. Devido sua alta concentração, apresenta o dobro dos principais constituintes ativos como a cafeína e o ácido alantóico. As altas concentrações de cafeína natural que é uma substância termogênica, estimulante do sistema nervoso central e também por ser levemente diurética, podem auxiliar na eliminação do excesso de líquido e também reduzir a concentração de gorduras. Além da cafeína esta planta apresenta quantidades significativas de potássio, que auxilia na compensação da perda de minerais relacionada com a ação diurética da PHOLIAMAGRA® 20:1. A presença da alantoína e do ácido alantóico podem agir na redução da celulite e da gordura localizada.

DEVORADOR DE GORDURAS (Centella Asiática, Chá verde, Citrus e Faseolamina)
CENTELLA ASIÁTICA: O asiaticosídeo estimula a ativação fibroblástica, sendo que tem um efeito reepitelizante, ação reforçada pelo efeito adstringente dos taninos. É também anti-séptico e antipruriginoso. Para uso interno apresenta uma ação tônica geral, antidepressiva e venotônica. A Centella asiática que é popularmente conhecida como centelha, centela, centela-da-asia, pata-de-mula, patade-burro ou pé-de-cavalo, é uma espécie cosmopolita, de uso tradicional no tratamento de feridas e lesões cutâneas diversas. No Brasil, ocorre nos estados de Minas, Rio, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, sendo encontrada em quase todos os ambientes e obtida por extrativismo ou por importação. Como é amplamente comercializada a sua adulteração é bastante freqüente com espécies de Hydrocotyle.

As propriedades farmacológicas são atribuídas as saponinas e triterpenos, destacando-se como componente principal o asiaticosídeo com triterpenos de estrutura similar (ácido madecássico, acido asiático e acido madasiático) está no mercado em preparações de uso tópico e interno, incluindo o Brasil (Madecassol). Em 1992, o acido asiático e o asiaticosídeo foram isolados das raízes de Schefflera octophylla (Lour.) Harms, sendo esta a primeira vez que estes componentes foram isolados de outra planta que não em Centella asiática (L.) Urb. Atualmente, vem sendo utilizada em preparações magistrais e em cosméticos, preconizada como cicatrizante, em queimaduras e quelóides e para o tratamento de insuficiência venosa crônica, com base na ação benéfica verificada sobre o metabolismo do tecido conectivo das paredes vasculares e na microcirculação.

CHÁ VERDE: O Chá Verde é feito a partir das folhas de Camellia Sinensis, as mesmas folhas das quais são feitos o Chá Preto e o Branco. Para a elaboração do Chá Verde, é preciso que as folhas sejam colhidas ainda quando jovens, antes mesmo de estarem completamente desenvolvidas. Em seguida elas entram em um processo de secagem e são enroladas ainda quentes. Nos últimos 30 anos, diversos estudos têm comprovado os benefícios que o Chá Verde pode proporcionar a pessoas com os mais variados problemas de saúde. O chá é rico em Flavonóides, que evitam o temido entupimento de veias. Além disso, ele melhora os níveis de colesterol, aumentando o HDL (bom colesterol) e diminuindo o LDL (mau colesterol). Ele age como estimulante no sistema nervoso central, inibindo ainda o sono e reduzindo a sensação de fadiga. Outros estudos têm evidenciado também a capacidade que o chá tem de prevenir o câncer já que seus bioflavonóides e catequinas bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores. O chá é também um poderoso antioxidante, ou seja, retarda o processo de envelhecimento da pele.

Mas o que mais faz com que as pessoas recorram a ele é sua propriedade emagrecedora. O chá acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura corporal. Um estudo realizado na Suíça com três grupos de pessoas que seguiram a mesma dieta apontou que o grupo que utilizou o Chá Verde teve aumento de 4% na velocidade da combustão das calorias do organismo e de 5% na queima de calorias em relação aos outros dois grupos estudados. Alguns pesquisadores também atribuem ao Chá Verde o baixo índice de infarto em países do Oriente. Com tantos estudos e comprovações científicas, o Chá Verde passou a fazer parte de forma indispensável nas dietas de pessoas por todo o mundo. Os benefícios do chá conquistaram até mesmo quem não acreditava na eficácia dos produtos naturais.

CITRUS:C.aurantium é conhecida popularmente como laranja-amarga, laranja-azeda ou ainda laranja-cavalo. Seus frutos, folhas e flores têm sido usados na medicina popular para o tratamento de ansiedade, insônia e como anticonvulsivante. Atualmente o interesse pelos seus frutos tem crescido devido ao seu uso em produtos emagrecedores de origem vegetal. Seu fruto seco imaturo contém a-proximadamente 10% de flavonoides e inúmeras feniletilaminas que incluem so-bretudo a p-sinefrina.

Sinefrina
É uma amina quiral presente na natureza apenas na forma (R)-(-)-p sinefrina (ou l-sinefrina). Devido ao seu interesse farmacológico sinefrina também é comercializada como fármaco sintético desenvolvido como agente simpatomimético (agonista alfa-adrenérgico com propriedades beta-adrenérgicas) sob o nome de oxedrina. Quimicamente muito semelhante a outra aminas como por exemplo a efedrina. Apenas duas características químicas distinguem a efedrina da sinefrina: um dos Carbonos do anel é hidroxilado (OH substitui H) e um dos grupos metila (CH3) da cadeia lateral é substituido por H. Através de suas propriedades Beta-adrenérgicas exerce uma série de efeitos so-bre o corpo humano, como por exemplo:

- Estímulo da lipólise - degradação das gorduras e dos lipídios para a geração de energia.
- Aumento da atividade cardíaca. Além de acelerar os batimentos, aumenta-se também a capacidade de bombeamento do coração.
- Aumento do fluxo sanguíneo para o músculo esquelético (músculos motores), ocasionando uma maior vascularização e por consequência maior desempenho físico.
- Por ser uma substância estimulante, aumenta a capacidade de percepção, hi-per-atividade e insônia.

FASEOLAMINA:A faseolamina é uma substância extraída da Phaseolus vulgaris, o feijão branco. Faseolamina é uma glicoproteína que possui como principal propriedade a capacidade de inibir a ação da enzima alfa-amilase, ou seja, inibe a absorção do amido (reserva energética dos vegetais) encontrado em massas, batatas, arroz, pão, etc.
A amilase é enzima responsável pela quebra do amido, sendo produzida nas glândulas salivares e no pâncreas. O amido que não pôde ser digerido na boca é levado até o intestino delgado, onde sofre a ação da amilase pancreática, a qual quebra o amido em uma molécula menor denominada
maltose. A maltose não é absorvida, por isso, a enzima maltase, produzida no próprio intestino delgado, transforma a maltose em glicose. A glicose é absorvida pela parede do intestino delgado, atravessando os capilares e entrando na corrente sanguínea.

Desta forma, faseolamina ajuda no emagrecimento ao diminuir a absorção de calorias de alimentos de origem vegetal. Além disso, faseolamina também auxilia no tratamento de pacientes com diabetes mellitus não dependentes de insulina. Os carboidratos que são normalmente armazenados pelo corpo na forma de gorduras serão eliminados sem causar qualquer efeito negativo. In Vitro, 1g de Faseolamina é capaz de inibir a conversão de 454g de carboidratos, o que significa cerca de 1800 Kcal.

Indicações:
- Auxilia nas dietas para a perda de peso
- Reduz o excesso de gorduras localizadas; contribui para uma maior queima de gorduras localizadas principalmente do abdômen
- Tratamento da retenção de líquidos
- Age como supressora do apetite
- Reduz a absorção de carboidratos
- Auxilia no controle dos níveis glicêmicos
- Acelera o metabolismo
- AJuda na queima de gordura

Referências:

Arisawa, M.; Arisawa M.; Fujita A.; Hayashi T.; Hayashi K.;
Ochiai H; Morita N. Cell growth inhibition of KB cells by plant extracts. Natural Medicines, 48, 338-347. 1994
Cruz, G. L. Dicionário das plantas úteis do Brasil. 5. ed. Rio de Janeiro: Bertrand. pp. 599. 1995
Matsunaga, K.; Sasaki S. and Ohizume, Y. Excitatory and inhibitory effects of paraguayan medicinal plants Equisetum giganteum, Acanthpspermum australe, Allophylus edlis and Cordia salicifolia on contraction of rabbit aorta and guinea-pig left atrium. Natural Medicines, 51, 478-481. 1997
McClaran, S.R; Wetter, T.J. Low doses of caffeine reduce heart rate during submaximal cycle ergometry. J Int Soc Sports Nutr. Oct 9;4(1):11. 2007
Sindler, B. H. Herbal therapy for management of obesity: observations from a clinical endocrinology practice. Endocr Pract., 7, 443-447. 2001

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 585/2013 do Conselho de Farmácia

Pholia Magra - 1 Frasco C. ecalyculata Vell (Pholia Magra) 300mg com 1 Frasco Citrus com Chá Verde com P. Vulgaris com Centella Asiática

Sobre o produto

Quem viu, viu Também